Cinco estudantes da rede estadual de ensino foram premiados na Olimpíada Brasileira de Física das Escolas Públicas 2018 (Obfep). Henrique Bruno Krohling e Matheus Peterle Modoro, da Escola Estadual Victorio Bravim, em Marechal Floriano; e Kayke Sturhr da Silva Paula, da Escola Gisela Salloker Fayet, em Domingos Martins, ficaram com a medalha de prata. Laysa Gilles Guidi, também da Escola Estadual Victorio Bravim, e Thiago Felippe Neitze Lahass, da Escola Estadual Ponto do Alto (Domingos Martins) conquistaram a medalha de bronze.

“Eu achei a prova excelente. Exige um nível de conhecimento mais avançado, mas até foi razoável na hora de resolver. Fiquei muito feliz em ganhar o prêmio, pois achava que tinha feito uma boa prova. Esta é a primeira vez que participo de uma Olimpíada de Física, então fiquei bastante animado com esse resultado”, afirmou o estudante Henrique.

A Escola Estadual Victorio Bravim e a professora Dalva de Oliveira Ferraz também foram premiadas pelos resultados obtidos, devido ao bom desempenho dos alunos medalhistas.

“Estou muito orgulhosa desse resultado. Acredito na escola pública e de qualidade. Por isso incentivo meus alunos a participarem de todas as olimpíadas, para oportunizar espaços onde possam crescer em suas potencialidades. Meu foco está sempre nos meus alunos e meu objetivo é que se tornem protagonistas”, ressaltou a professora.

A Obfep 2018 reuniu estudantes do 9º ano do Ensino Fundamental e Ensino Médio de todo o País, com o objetivo de valorizar a escola pública e estimular o estudo das ciências. A avaliação proporciona ao estudante uma forma de avaliar sua aptidão e seu interesse pela área, em especial, pela Física. Nesta edição, foram inscritos cerca de meio milhão de  estudantes.

Obfep 2018

A Olimpíada Brasileira de Física das Escolas Públicas (Obfep) é um projeto apoiado pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), e constitui um programa permanente da Sociedade Brasileira de Física (SBF), responsável por sua execução.

As provas foram aplicadas em três níveis: (A) para estudantes do 9º ano do Ensino Fundamental, (B) para estudantes das 1ª e 2ª séries do ensino médio e (C) para estudantes da 3ª série do Ensino Médio.

No nível A, o programa das provas cobrou fundamentos matemáticos necessários, noções básicas de Gravitação, conceitos básicos de Cinemática, Leis de Newton, conceito de energia e medidas de tempo, espaço e temperatura.

No nível B, os estudantes resolveram questões de Mecânica Clássica, Termofísica e Óptica Geométrica. Já no nível C, a prova exigiu conhecimentos em oscilações e ondas, eletricidade, magnetismo e noções básicas de Física Moderna e Contemporânea.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui