Muita alegria e confraternização marcou a festa de Réveillon 2019 na orla de Camburi, em Vitória. Uma multidão calculada em mais de 200 mil pessoas acompanhou a característica queima de fogos. Outros dois pontos da Capital também receberam atenção especial este ano por parte da Prefeitura: prainha de Santo Antônio e Ilha das Caieiras.

Na orla, antes mesmo do início dos fogos, já tinham muitas pessoas dentro do mar saudando a chegada do novo ano, enquanto outras festejavam das varandas dos apartamentos, casas, bares e restaurantes. Muitas vieram de vários pontos do estado, do país e do mundo, escolhendo a ilha para viver essa experiência e vibração do Réveillon capixaba. “Eu amo Vitória, amo o Espírito Santo, e essa já é a terceira vez que passo a virada aqui, e este ano acompanhada deste meu amigo irlandês”, diz a paranaense Beatriz Routh, abraçada a Ryan Gael.

Este ano houve uma situação atípica. Por algum contratempo, os fogos localizados no ponto em frente ao deck do SOE (Serviço de Orientação ao Exercício), em Jardim Camburi, começaram a estourar cerca de 7 minutos antes da meia-noite. Depois, do outro lado da Ilha, Vila Velha também deu início ao espetáculo. À meia-noite em ponto a festa em toda orla de Vitória tornou-se um espetáculo único, quando os fogos de artifício localizados para os lados de Jardim da Penha  começaram a estourar, dando um colorido todo especial por toda a orla orla e arrancando muitos aplausos da multidão.

A queima durou 17 minutos e foram doze toneladas de fogos, segundo informações da PMV. Em seguida, houve atrações musicais, inclusive na Ilha das Caieiras, em que a Região da Grande São Pedro contou pela primeira vez com a queima de fogos, uma reivindicação antiga. Lá o show de luzes e cores teve 10 minutos de duração e encantou moradores e turistas que foram curtir a virada na Praça Dom João Batista.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui