O sucesso não é solitário. Toda ação bem sucedida resulta da interação numa equipe que soma a capacidade e a dedicação de cada um visando a um objetivo comum. Essa mutualidade funcional exige um estilo de liderança horizontal, onde o potencial do grupo é utilizado ao máximo.

Algumas boas ideias sobre gestão de equipes são sugeridas por Charalambos Vlachoutsicos, da Universidade de Atenas, em artigo sobre Liderança na revista Mentecérebro, de agosto/16, como segue:

1) – Humildade e modéstia para encorajar e privilegiar a contribuição do grupo ao invés de impor soluções pré-elaboradas;

2) – Atenção focalizada para ouvir de modo empático atribuindo valor à participação de cada colaborador;

3) – Respeito às diferenças. Mesmo quando divergentes, elas podem agregar novas alternativas se canalizadas para o objetivo comum;

4) – Manter o foco. É preciso evitar que distrações e distorções tornem confuso o processo e comprometam o resultado;

5) – Adiar decisões pode ser uma boa estratégia, quando ainda não há segurança para uma conclusão segura.

Formar uma equipe é um passo importante, mas liderar esse grupo de modo eficiente é o segredo para alcançar os objetivos desejados.

Joarês Mendes de Freitas – Pastor emérito da Primeira Igreja Batista em Jardim Camburi, Vitória/ES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui