O secretário de Estado da Saúde, Ricardo de Oliveira, entregou 36 novos leitos no Hospital Estadual Dório Silva, na Serra. A entrega aconteceu na quinta-feira (20) e foi acompanhada pela diretora-geral do Hospital, Sônia Dalmolin; pelo promotor de Justiça da Serra, Pablo Costa; subsecretário de Estado da Justiça, Ailton Xavier; equipe do Hospital, entre outros.

“Tenho certeza de que estamos entregando a saúde melhor do que recebemos. Isso não é demérito a ninguém. Temos que melhorar o que recebemos do antecessor. Quando chegamos aqui, o Hospital tinha 149 leitos e hoje, conta com 246. O que vimos aqui é comprometimento e esforço de cada um. Sem isso, nada acontece”, disse o secretário de Estado da Saúde, Ricardo de Oliveira.

Entre 2015 e 2018 foram feitas diversas melhorias na estrutura do hospital e abertos novos serviços para atender a população, entre eles, o Polo de Aplicação de Palivizumabe, o Núcleo de Cuidados Paliativos e a abertura do serviço de urgência e emergência em hemorragia digestiva (vômito ou fezes com sangramento). O serviço dispõe de sala de emergência e endoscopia 24h para tratamento e atende em torno de 75 pacientes por mês.

“Fizemos muitas melhorias aqui no Hospital. Na parte estrutural, fizemos intervenções nas enfermarias da Clínica Cirúrgica e da Clínica Cirúrgica Especializada. Instalamos novas portas e janelas, ar condicionado, fizemos o rebaixamento de gesso, piso e pintura. Estamos fazendo isso também na enfermaria da Clínica Médica, onde também criamos uma sala com leito de isolamento respiratório, que será finalizada até o final deste ano. Também está em andamento a reforma do Centro Cirúrgico Geral, que será entregue na próxima semana. Agradeço ao secretário pela confiança. Cada melhoria no Hospital teve a mão dele. Ele, mais do que ninguém, sabia a importância dessas obras para a população do Estado. Também agradeço a cada funcionário. Tudo isso só foi possível com a soma de esforços de cada um de vocês”, destaca a diretora-geral do Hospital Estadual Dório Silva, Sônia Dalmolin.

O Hospital ganhou, ainda, 12 leitos em enfermaria específica para a especialidade de nefrologia, e foi aumentado de 20 para 40 o número de leitos adulto no Centro de Tratamento Intensivo (CTI). Todas as enfermarias reformadas foram climatizadas, garantindo mais conforto para os pacientes e acompanhantes.

A melhoria da estrutura e a ampliação dos serviços exigiu também a aquisição de novos equipamentos. Entre os equipamentos adquiridos para o Hospital Dório Silva estão cinco máquinas de hemodiálise, cinco máquinas de osmose reversa, 187 camas (127 camas fawller mecânicas e 60 elétricas), 30 monitores, 40 respiradores, dois equipamentos para ultrassom, mesa cirúrgica, foco cirúrgico, sistema de videoendoscopia, cardioversor, dois arcos cirúrgicos e um microscópio para neurocirurgia.

A maior parte das obras foi executada por detentos que cumprem pena em regime semiaberto em presídios do Espírito Santo. Eles foram coordenados pela Diretoria de Engenharia e Arquitetura (Digea) da Secretaria de Estado da Justiça (Sejus). Conforme prevê a Lei de Execução Penal, os detentos que trabalham são beneficiados com a remição da pena. Dessa forma, a cada três dias de trabalho, um dia é abatido da pena a ser cumprida.

O novo local também ganhou pinturas de pontos turísticos realizadas pelos detentos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui