O Senado aprovou nesta quinta-feira (26) a medida provisória do8 salário mínimo de R$1.212, em vigor desde janeiro deste ano. O aumento de 10,18% foi calculado de acordo com a inflação e não repõe perdas acumuladas. A relatora, senadora Soraya Thronicke (União-MS), rejeitou as sugestões de um aumento maior, alegando falta de dinheiro por parte do governo. A MP vai à promulgação. Transcrição
O SENADO APROVOU A MEDIDA PROVISÓRIA DO SALÁRIO MÍNIMO DE MIL DUZENTOS E DOZE REAIS, EM VIGOR DESDE JANEIRO. SEM AUMENTO REAL PARA O TRABALHADOR FRENTE À DISPARADA DA INFLAÇÃO, O ATUAL VALOR FOI MANTIDO EM VOTAÇÃO COM RECLAMAÇÕES DE SENADORES.

O Senado aprovou nesta quinta-feira a medida provisória do salário mínimo de mil duzentos e doze reais para este ano. Editada em dezembro do ano passado, a MP aumentou o piso salarial pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) de janeiro a novembro de 2021 e pela projeção de inflação de dezembro de 2021 por parte do Ministério da Economia. Mas a correção de 10,18% não repõe as perdas acumuladas. Segundo o Ministério da Economia, cada real a mais representa uma despesa de quase R$ 365 milhões aos cofres públicos. Alegando falta de dinheiro, a relatora da MP, senadora Soraya Thronicke, do União Brasil de Mato Grosso do Sul, rejeitou todas as sugestões dos colegas para um aumento maior para o salário mínimo.  O problema de todos os brasileiros, de Norte a Sul, de Leste a Oeste, absolutamente todos, de direita, de esquerda, de centro, é um só: é a economia, é fazer este país prosperar. As pessoas ficam se dedicando, se iludindo, se distraindo com bobagens que, muitas vezes – muitas vezes, não –, não vão colocar comida na mesa dos brasileiros. E Eu fico muito constrangida mesmo em não poder trazer algo palpável, concreto, e uma notícia melhor para todos os 2brasileiros.  O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, afirmou que a população vive problemas reais no seu cotidiano. De apontar a dicotomia verdadeira que existe no Brasil hoje entre os problemas reais e os lproblemas criados com objetivo eleitoral e oportunista. Então, nós temos problemas reais no Brasil, que são os problemas dos dois dígitos, os dois dígitos da inflação, os dois dígitos dos juros, os dois dígitos do desemprego, os dois dígitos de que se aproxima o preço da gasolina, em alguns lugares . Portanto, esses são problemas reais que se resolvem com soluções verdadeiras, reais, propositivas. Segundo Soraya Thronicke, mais de 60 milhões de brasileiros recebem até dois salários mínimos, cerca de 70% da população economicamente ocupada. Outras 25 milhões de pessoas recebem aposentadorias no valor de um mínimo. Senadores como Jorge Kajuru, do Podemos de Goiás, e Cid Gomes, do PDT do Ceará, também criticaram a política do salário mínimo. A MP segue agora para promulgação.

Edição Jornalística: Maryhanderson R Ovil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui